Cultura opõe-se a natura ou natureza, isto é, abrange todos aqueles objetos ou operações que a natureza não produz e que lhe são acrescentados pelo espírito (...). A religião, a arte, o desporto, o luxo, a ciência e a tecnologia são produtos da cultura.
António José Saraiva

em "Cultura", colecção “O QUE É”, Difusão Cultural, 1993.
_____________________________________________

sábado, 14 de maio de 2011

A obra de de Camilo Castelo Branco

Camilo Castelo Branco
Tem sido difícil encontrar uma lista, tão completa quanto possível, das obras de Camilo Castelo Branco, publicadas em vida. A maior dificuldade deve-se ao facto de ele ter sido um escritor excecionalmente prolífico e versátil.  Faleceu a 1 de Junho de 1890 e no dia 3 de Junho, o jornal Diário de Notícias publicava uma lista das suas obras, que aqui apresento. Esta lista não é isenta de algumas falhas. Por exemplo não encontramos o seu livro de versos Nas Trevas, alguns números de ordem estão repetidos e muitas obras não têm data. Mantive este tipo de falhas, mas procurei re-escrever o nome das obras em português atual. Os títulos das colunas são da minha responsabilidade.  

Número de ordem
Obras A a Z
Ano da edição
1
Abaixo os bigodes

2
Abençoadas lágrimas
1861
3
Agostinho de Ceuta
1887
4
Agulha em palheiro
1865
5
Amor de perdição
1864
6
Amor de salvação
1864
7
Amores do diabo
1872
8
Amores de um valido

9
Anátema
1858
10
Anos de prosa
1863
11
Ao anoitecer da vida

12
(O) Assassino de Macário
1886
13
Aventuras de Brito Fernandes Enxertado
1863
14
Bico de Gás
1864
14
Biografia de Vieira de Castro

15
Boémia de espírito
1886
16
Brasileira de Prazins
1882
17
(Os) Brilhantes do brasileiro
1869
18
(A) Bruxa do monte Córdova
1867
19
Caleche

20
Cancioneiro alegre
1887
21
Carlota Angela

22
(O) Carrasco de Vitor Hugo José Alves
1872
23
Carta de guia de casados
1873
24
Catálogo de livros pertencentes a Camilo
1870
25
Cavalaria da Sebenta

26
Cavar em ruínas
1866
27
Caveira da mártir
1876
28
Cego de Landim (3º - novelas)
1876
29
Clero e o sr. Alexandre Herculano
1850
30
Coisas espantosas
1862
31
(O) Comendador (2ª – novelas)
1876
32
Como os anjos se vingam
1870
33
Condenado
1870
34
Com uma rica cartonagem

35
Coração, cabeça e estômago
1862
36
(A) Corja
1880
37
Correspondência epistolar
1874
38
Cousas leves e pesadas
1867
39
Críticos do Cancioneiro
1887
40
(A) Cruz
1853-60
41
Curso de literatura

42
Degredado (6ª – novelas)

43
Demónio do ouro

44
Dicionário de educação e ensino
1873
45
Difamação dos livreiros
1886
46
Discurso sobre os desvarios do espírito humano
1869
47
Divindade de Jesus
1865
48
Doida do Candal
1888
49
Dom António Alves Martins
1870
50
Dom Luís de Portugal
1883
51
Doze casamentos felizes
1861
52
Duas épocas da vida
1865
53
Duas horas de leitura
1857
54
Ecos humorísticos do Minho
1880
55
(A) Engeitada
1866
56
Entre a flauta e a viola
1882
57
Esboços de apreciações literárias
1865
58
Espada de Alexandre
1872
59
Espinhos e flores
1857
60
Esqueleto
1865
61
Estrelas funestas
1862
62
Estrelas propícias
1862
63
Eusébio Macário
1880
64
Fanny
1861
65
Filha do Arcediago
1858
66
Filha do dr. Negro
1864
67
Filha do regicida
1875
68
Folhas caídas apanhadas na lama
1854
69
Folhas caídas apanhadas a dente
1855
70
Filho natural (5º – novelas)

71
(A) Formosa Lusitana
1877
72
Freira no subterrâneo
1884
73
Garantia, ciências e estudos de cavalaria
1874
74
Gazeta literária do Porto
1868
75
(O) General Carlos Ribeiro
1884
76
(O) Génio do cristianismo
1860
77
Gracejos que matam (1º – novelas)
1875
78
História e sentimentalismo
1880
79
História de Gabriel Malagrida
1875
80
(Um) Homem de brios
1856
81
Horas de paz
1865
82
Hossana
1852
83
Imortalidade, a morte é a vida
1865
84
(O) Inferno
1871
85
Inspirações, poesias
1851
86
Jesus Cristo perante o século
1863
87
José Balsamo
1874
88
(O) Judeu
1866
89
Juízo final e sonho do inferno
1845
90
Justiça, drama em 2 actos
1874
91
Lágrimas abençoadas
1878
92
Lenda de Machim
1880
93
Livro de consolação
1872
94
Livro negro do padre Dinis
1863
95
Luta de gigantes
1865
96
Luís de Camões
1880
97
Maria da Fonte (também nº 188)

97
Maria da Fonte (8ª novela)
1885
98
Maria Moisés (7ª novela)

99
(O) Marquês de Torres Novas
1858
100
Mártires do Chateaubriand
1865
101
Mata-a ou ela te matará
1872
102
Memória do frei João de S. Joseph Queirós
1868
103
Memórias do cárcere
1862
104
Memórias de Guilherme do Amaral
1863
105
Morgada de Romariz (4ª novela)

106
Morgadinha de Val de Amores
1882
107
Morgado de Fafe em Lisboa
1861
108
Morgado de Fafe amoroso
1865
109
Mosaicos e silva de curiosidades
1868
110
Mulher fatal
1870
111
Mundo elegante
1858-59
112
Murraça
1848
113
Mistérios de Fafe
1877
114
Mistérios de Lisboa
1861
115
Narcóticos
1882
116
(O) Natal, na residência
1871
117
Neta do arcediago
1860
118
No Bom Jesus do Monte
1864
119
Noites de insónia
1874
120
Noites de Lamego
1863
121
Nostalgias
1888
122
Novelas do Minho (8 romances)
 1875-76
123
O Bardo (jornal de poesias)
1854
124
O bem e o mal
1863
125
Olho de vidro
1866
126
Onde está a felicidade
1856
127
O que fazem mulheres
1858
128
Otelo, o mouro de Veneza
1886
129
(O) Papa e a liberdade

130
(O) Parente de 53 monarcas
1867
131
Pensamentos sobre o cristianismo

132
Perfil do marquês de Pombal
1882
133
Poesia ou dinheiro? (drama)

134
Poesias a S. João Batista
1865
135
Poesias

136
Preceitos da consciência

137
Preceitos do coração

138
(Uma) Praga rogada nas escadas da forca
1862
139
Pundonores desagravados
1845
140
Purgatório e paraíso (drama)
1871
141
Quatro horas inocentes
1872
142
Queda de um anjo
1866
143
Regicida, romance histórico
1874
144
(O) Retrato de Ricardina
1888
145
Revelações
1852
146
Riquezas do pobre e misérias do rico
1858
147
Romance de um homem rico
1861
148
Romance de um rapaz pobre
1865
149
(O) Sangue
1868
150
(O) Santo da Montanha
1866
151
Cenas contemporâneas
1856
152
Cenas contemporâneas (2ª edição)

153
Cenas da Foz
1857
154
Cenas da hora final
1878
155
Cenas inocentes da comédia humana
1863
156
Senhor do Paço de Ninães
1867
157
Senhora Rattazi
1886
158
Sentimentalismo e história
1880
159
(A) Sereia
1865
160
Serões de S. Miguel de Seide
1882
161
Solemnia verba (cenas da Foz)
1857
162
Sonho do inferno
1845
163
Suicida

164
Teatro cómico

165
(As) Três irmãs
1866
166
Último Ato: drama em 1 ato
1862
167
Um livro
1866
168
Vaidades irritadas e irritantes
1866
169
Vespa do Parnaso

170
Vida de D. Afonso VI
1873
171
(A) Vida futura
1877
172
Vingança
1863
173
Vinho do Porto
1884
174
Vinte horas de liteira
1864
175
Virtudes antigas

176
Visconde de Ouguela
1873
177
Viúva do enforcado

178
Vulcões de lama  (romance)
1886
179
Voltareis, ó Cristo? Narrativa
1871

2 comentários:

  1. Olá
    Sendo que somos do mesmo ano, e tendo este post a etiqueta diário de notícias, pergunto se por acaso lia esse jornal na sua juventude. Talvez pelo ano de 1970 foi publicado no DN uma tira de BD e um texto do livro papillon, tendo sido publicado todo o livro neste sistema. Recortei e guardei, mas desapareceu. Gostava de encontrar alguém que também tivesse lido e pelo menos saber o nome do autor da tirinha de BD. Se conseguisse um recorte já aumentava a minha felicidade.
    Do Camilo tenho umas publicações muito antigas, vou ver os títulos.

    ResponderEliminar
  2. Olá Maria,

    Não sei responder à sua pergunta. Costumo consultar os números antigos do DN na Biblioteca Nacional.

    Ricardo Esteves

    ResponderEliminar