quinta-feira, 31 de maio de 2007

Caramulo: a "montanha mágica" portuguesa.

.
.
.
.
.
.
.

Eram 2 irmãos, filhos de um certo Dr.Lacerda, proprietário do antigo Sanatório do Caramulo, fundado nos anos 20 e um dos maiores do país. Um dos irmãos gostava de carros e o outro de arte e decidem fazer o Museu do Caramulo. Para mim e para muitos portugueses, os Lacerda são quase uma lenda.
O Caramulo faz lembrar a Montanha Mágica de Thomas Mann, um romance extraordinário passado num sanatório de montanha. Dizem que é o melhor romance do século XX.
.

A vila do Caramulo fica no concelho de Tondela, distrito de Viseu. É necessário ter vontade de chegar lá, mas vale a pena.
.

Localização da Vila do Caramulo de acordo com o sítio do Hotel do Caramulo
.
.
1- O Museu do Caramulo

O Museu é imperdível para quem visita a Vila do Caramulo. Não é como ir a Roma e não ver o Papa. É pior. O Museu “é” a Vila.
Arte: não é um museu de arte extenso, como por exemplo o fabuloso museu da Gulbenkian, mas os critérios de selecção das peças são igualmente diversificados; em termos de qualidade é na minha opinião, superior por exemplo, ao excelente Museu do Chiado, o museu nacional de arte moderna.
Automóveis: não existe nada de parecido em Portugal; é um local onde conseguimos ter uma panorâmica detalhada da história dos automóveis; para se acreditar, só visto.
É difícil dizer qual a melhor área do museu, se Arte, se Automóveis. São ambas muito boas. Ouço dizer que o museu tem estado a constituir uma terceira colecção de brinquedos antigos. Ainda não a vi, mas dada a qualidade das outras duas colecções, espero que possa um dia vir a estar ao mesmo nível.
. .
.
2- Hotelaria
.
.
O Hotel do Caramulo é um grande hotel. Os quartos espaçosos têm uma vista fabulosa da serra, cozinha excelente, spa, etc. É um quatro estrelas, mas se tivesse cinco ninguém estranharia. Fica mesmo em frente ao museu.
Quem aprecia locais de hospedagem mais pequenos, a Estalagem.do.Caramulo.(ver.em http://www.estalagensdeportugal.com/.) é a melhor opção, podendo-se beneficiar também do spa do Hotel do Caramulo.
.
.
.
.
.
3- A Vila do Caramulo

Deixo á imaginação de cada um. Direi apenas que não faltam bons ares, boas vistas, boas águas, boas comidas e bons locais de passeio, mesmo a pé ou de bicicleta.
Quem não vai pelo menos uma vez na vida ao Caramulo e não fica lá a dormir pelo menos 2 noites e não visita o Museu do Caramulo, perde uma das melhores experiências que o nosso país tem para oferecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário