terça-feira, 3 de julho de 2007

Os cafés Delta


.
.
.
.
.
.
.
.
.
Algumas empresas e instituições fazem por merecer todo o nosso apreço e admiração: é o caso dos cafés Delta.
.
O “segredo” dos cafés Delta
O relacionamento entre a Delta e os seus clientes é em todo idêntico ao do homem do balcão e do seu cliente de todas as manhãs, aprenderam juntos a confiarem e a partilharem a vida no sabor e aroma de uma chávena de café.
É este “segredo” que é partilhado por todas as empresas do grupo Nabeiro Delta Cafés, dando ênfase à relação personalizada de longo prazo, com os clientes, os fornecedores, os amigos e as comunidades.

Uma marca de rosto humano
Conhecedor do mercado do café e empreendedor por natureza, Manuel Rui Azinhais Nabeiro decide em 1961 criar a sua própria marca de cafés. Na vila Alentejana de Campo Maior, num pequeno armazém com 50 metros quadrados e sem grandes recursos, inicia a actividade com apenas duas bolas de torra de 30 kg de capacidade.
Por influência das suas origens, Rui Nabeiro, assumiu desde sempre uma intervenção activa na sociedade, apoiando diversas instituições sociais. Corporações de Bombeiros, Escolas de Ensino Especial, Juntas de freguesias, Associações Desportivas Locais e Iniciativas várias de solidariedade são exemplos constantes.
.
Missão
A missão da Delta Cafés é corresponder às exigências reais dos diferentes tipos de mercado com vista à satisfação total e fidelização dos consumidores/Clientes, através do negócio social responsável com vista ao desenvolvimento integrado da comunidade.

Por isso, nos sabe tão bem um café Delta e por isso oxalá a marca e a empresa continuem sempre portuguesas, fiéis à vontade do seu fundador e o orgulho de Campo Maior e de Portugal.
.
Para uma informação mais completa, ver http://www.delta-cafes.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário