quinta-feira, 11 de outubro de 2007

O e-gov e o e-cidadão III - A morte do papão Orwelliano

Há toda uma geração que cresceu mais ou menos influenciada pelo livro “1984” de George Orwell. Um livro muito popular há 30 ou 40 anos. O livro retratava uma sociedade tecnicamente avançada, mas totalitária em absoluto: não era apenas a ditadura política, mas o verdadeiro totalitarismo, quando o estado consegue comandar não só a vida social mas também a vida particular e até os pensamentos de cada um, através de uma intromissão permanente. A frase “Big Brother is watching you” ficou célebre.

O livro foi publicado em 1949, após a queda dos fascismos alemão e italiano mas em plena ascensão do bloco comunista. Os países democráticos eram minoritários no mundo e Orwell detestava o Stalinismo russo.
Hoje o livro passou de moda porque perdeu actualidade. O bloco comunista ruiu. Os países democráticos estão em maioria e a informação circula com uma facilidade impensável antes.

Agora todos comunicam com todos e já se percebeu (penso eu) que a era digital é como um comboio em marcha que não podemos perder. E o papão Orwelliano ficará morto e enterrado, preso aos fantasmas do seu tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário