quarta-feira, 24 de outubro de 2007

A obra de Mestre Júlio Resende no edifício da Alfândega do Porto

É a exposição de uma obra, de uma vida que completou 90 anos. Começa escura, triste, de traços marcados e desenvolve-se para uma exuberância quente, tropical, de cores vivas e de traços livres. De repente ficamos rodeados por uma criatividade sem limites geográficos ou temporais e por sensações. Obrigatório. Só até 4 de Novembro.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário