segunda-feira, 12 de abril de 2010

Tarzan é angolano – I

Tarzan é angolano. é um facto já conhecido e não uma novidade (ver no excelente ERBzine, em http://www.erbzine.com/mag21/2112.html, por exemplo - texto de Jairo Uparella), mas que não deixa de ser curioso recordar nos dias de hoje.
.
O americano Edgar Rice Burroughs (1875-1950) foi o criador de Tarzan, o homem-macaco, criado em África por gorilas. As aventuras de “Tarzan dos Macacos / Tarzan of the apes”, são publicadas pela primeira vez em 1912.
Daí em diante, dado o êxito gerado pelo personagem, sucedem-se os livros, a banda desenhada, os filmes e os desenhos animados, popularizando a figura do herói.
.A história de Tarzan resume-se da seguinte forma: o casal inglês Clayton, de origem aristocrática, é abandonado nas costas africanas, pela tripulação do barco onde viajavam, que se tinha revoltado. A senhora Clayton estava grávida e acaba pouco tempo depois por dar à luz. O casal não consegue sobreviver às condições da selva mas o bebé é adotado por uma gorila que o protege e alimenta. O menino cresce e acaba por tornar-se Rei dos Macacos. Através de uma série de peripécias volta à Europa e descobre a identidade e o seu título de família, Lord Greystoke.
.Edgar Rice Burroughs deixa-nos estas indicações do local da costa africana onde Tarzan nasce e cresce em Tarzan dos Macacos, no capítulo 18: “Costa Oeste de África, cerca de 10 graus de latitude Sul” e no capítulo 13, “na direção da Cidade do Cabo, 1500 milhas para o Sul”.
Através do Google Earth, o local que me pareceu ser o mais provável, será entre Luanda e a cidade de Porto Amboim, em Angola. Mas a razão de ser desta hipótese, será discutida no artigo seguinte.
--Este artigo foi escrito em conformidade com o novo acordo ortográfico (com a ajuda dos programas Word e Flip)--

Sem comentários:

Enviar um comentário