segunda-feira, 13 de setembro de 2010

O túnel do Estoril-Sol com os azulejos de Nadir Afonso

Vale a pena fazer o percurso entre o novo edifício Estoril-Sol e o passeio marítimo de Cascais pelo novo túnel agora construído, por baixo da estrada marginal. O túnel é uma galeria de azulejos de Nadir Afonso, uma maravilha que nos obriga a desviar a atenção do nosso destino, para ficar a admirar a obra do mestre. Tirei fotografias, claro. E como eu, outras pessoas que por lá passavam. Ora digam lá se isto é ou não é, de fazer parar o trânsito?




































Cada painel de azulejos deve ter cerca de 2 por 2,5 metros e esta é apenas uma amostra de alguns dos painéis lá existentes. A minha pobre máquina fotográfica também não consegue captar a qualidade do traço e a expressão da cor, mas fica aqui o anúncio e o testemunho, para que não percam a visita. Visitar um túnel? Pois. É que, qualquer museu, adoraria ter um destes painéis na sua colecção e não é por acaso que aquele espaço designa-se "Museu Aberto Nadir Afonso".

NOTA IMPORTANTE: já depois da publicação deste artigo, soube da inauguração, prevista para o próximo dia 17 de Setembro, de uma nova exposição da pintura de Nadir Afonso, no Centro Cultural de Cascais. Só vai lá estar até finais de Outubro e falhar a visita a esta exposição, "Utopias Urbanas", é crime capital.  

--Este artigo foi escrito em conformidade com o novo acordo ortográfico (com a ajuda dos programas Word e Flip)--

Sem comentários:

Enviar um comentário