domingo, 1 de abril de 2012

A pintura de Roque Gameiro

Alfredo Rogue Gameiro (Minde,1864 - Lisboa,1935) foi um grande pintor e desenhador e terá sido provavelmente o maior aguarelista português de sempre. 

Auto-retrato, aguarela, do Museu
de Aguarela Roque Gameiro

Motivo da capa do livro "Quadros da Historia de Portugal" -
felizmente reeditado pela Gradiva, da autoria de Chagas Franco
 e Lopes Soares, ilustrado por Roque Gameiro e Alberto de Sousa.

"As Guerrilhas na Guerra Peninsular", do livro "Quadros da Historia de Portugal" 
Rua de S. Miguel em Alfama, Lisboa, Museu da  Cidade.
Casa rústica em Minde, aguarela, Museu da Aguarela Roque Gameiro.

Livro do filme.
Alfredo Roque Gameiro desenvolveu um trabalho notável para ilustração do romance de Júlio Dinis, “As Pupilas do Senhor Reitor”. O Museu da Aguarela Roque Gameiro, em Minde, Alcanena - a dois passos de Lisboa, no belíssimo cenário da Serra d’Aire - tem ainda a decorrer durante Abril, uma exposição dedicada ao trabalho de Roque Gameiro sobre as “Pupilas”.

Um dos curiosos problemas de quem queria desenhar as figuras do romance era adequar o traje com a narrativa. Ora, não se sabe exatamente em que localidade decorre o romance. Egas Moniz em “Júlio Dinis e a sua obra” defende ter sido Ovar, a terra de inspiração do romancista para as “Pupilas”, mas Leitão de Barros, quando fez em 1935 o filme “As Pupilas do Senhor Reitor”, não concordava com essa possibilidade e teve o mesmo problema de Roque Gameiro. No livro que prefaciou com o romance de Júlio Dinis e as fotos do filme, cita a pesquisa de Roque Gameiro, que em artigo no Diário de Notícias se inclinava para a possibilidade de ter sido Santo Tirso. 

    “Este cavaleiro era João Semana , ilustração das Pupilas . 

 “ó rio de águas claras que vais correndo p’ro mar”, ilustração das “Pupilas”.

Sem comentários:

Enviar um comentário